sábado, 27 de fevereiro de 2010

Amanhã é dia de triatlo em Icaraí !


Nadar, correr e pedalar! Só de pensar já cansa, mas amanhã nós niteroienses teremos a oportunidade de assistir as provas do Mundialito Feminino de Triatlo Rápido. As melhores atletas da modalidade estarão reunidas na praia de Icaraí para disputar o campeonato.
Por falar nisso grandes nomes da modalidade nasceram aqui em Niterói como Fernanda Keller, Armando Barcellos, Alexandre Ribeiro e Marcos Ornellas. A atleta Sandra Soldan, apesar de carioca, escolheu Niterói para viver e treinar há 20 anos por ser um lugar propicio para praticar os esportes que compõem o triatlo. Belas praias, menos trânsito do que o Rio, parques, ciclovias ... É Niterói realmente é um ótimo lugar para se viver!

Saiba o que muda no trânsito amanhã

14 comentários:

  1. hahahahahahahhaha post super imparcial! ahahahahaa Tá na cara que essa é da Cecília... Querendo reafirmar a cidade.

    ResponderExcluir
  2. Triatlo em Niterói: Nadar na poça, correr na Ponte e pedalar no Campo de São Bento...U-hú!!! Dá-lhe Viradouro!!!!

    hauhauahuahuahuahuahuahuahuahauhuahuahuahuahauhauhauhauhauhauhauhauahu!!!

    ResponderExcluir
  3. Olha primeiro lugar isso aqui não é um blog jornalístico, a gente opina através de matérias jornalísticas, programas televisivos etc... Dois: Fui eu mesma querendo reafirmar minha amada cidade que vocês dois esculacham todos os dias, mas que tem inúmeras qualidades além de ser extraordinária!!! (3)Não esquece poça é a mesma que banha a sua cidade...

    ResponderExcluir
  4. Hahahahahahahahahahahaha!!!

    Niterói é uma cidade do estado do Rio de Janeiro. Isolado do resto por uma poça de água suja conhecida como Baía de Guanabara, criada durante o Governo Brizola por motivos de higiene. Desta forma, os residentes da Cidade necessitam ficar em Quarentena, o quê fez com que os moradores não avançassem na idade moderna. Assim, quando contruída, a Ponte Rio-Niterói foi apelidada de "Máquina do Tempo". Então, quem quiser conhecer como os nossos ancestrais viviam, antes do advento da Modernidade (Eletricidade;Revolução industrial;Saneamento básico...), basta cruzar a ponte! Niterói é povoado majoritariamente por índios metidos a cariocas e pseudo-meliantes fumadores de Gudang Garam. Os Niteroienses são popularmente conhecidos com Papa-Goiabas,tendo em vista que este é o único alimento naturalmente encontrado por lá.

    ResponderExcluir
  5. Não sei que vc anda bebendo, mas só se for na sua realidade paralela! Eu não preciso falar mal do Rio porque os jornais e as pessoas já fazem isso por mim. Basta ver o medo que o resto do mundo tem de ir lá... (e vcs mesmos sentem de andar pelas ruas da suja cidade "maravilhosa" - nós aqui não tememos muito medo não).

    ResponderExcluir
  6. também não temos muita sujeira nem muitos mijões RS

    ResponderExcluir
  7. Curiosidades sobre Niterói:

    O menor livro do mundo é o "Guia Turístico de Niterói", seguido pelo de São Paulo.

    A população de São Gonçalo é constituida de pessoas que não conseguiram pagar todas as multas.

    Ninguém sabe explicar o motivo do apelido "Cidade Sorriso", dado a Niterói. A tradição tribal explica o apelido "Cidade Sorriso". Os índios Habitantes de Niterói tem por tradição exibir um belo sorriso ao verem ou pensarem em coisas belíssimas, justamente por elas não existirem serem frequentes em Niterói. Assim, como Niterói está sempre querendo ser vendo o Rio de Janeiro, tornou-se a "Cidade Sorriso".

    A FUNAI é o orgão competente pela segurança pública em Niterói.

    Ao tentar celebrar a primeira missa em Niterói um padre jesuíta foi comido vivo por uma sucuri.

    O Pequeno Príncipe, olhando a cena, viu um chapéu.

    Diga-se de passagem, Niterói não cativou O Pequeno Príncipe.

    Telefone celular não têm sinal em Niterói.

    Televisões idem, à exceção do Canal 18 UHF (Futura) que, misteriosamente (ou não) só pega em Niterói.

    Niterói é a maior audiência mundial do Canal Futura.

    A única parte urbanizada de Niterói é a avenida que dá acesso à Região dos Lagos.

    Os prédios, construções, pedestres e mendigos dessa avenida são cenográficos.

    O Botafogo quando deixou de ser time, passou a mandar suas peladas em Niterói.

    Os Habitantes de Niterói sempre encontram aos trios... Por isso dizem que Niterói só tem três pessoas: Eu, você e alguém que a gente conhece.

    George Lucas plagiou o slogan da cidade em seu filme. A citação original é "O Lado Negro da Poça", e não "O Lado Negro da Força".

    A menor ciclovia do mundo é a da Praia de Cocoraí Icaraí, em Niterói. Com a marca de 300m de comprimento ela bate o recorde no Livro dos Recordes!

    Niterói é a única cidade do Brasil que tem dois santos protetores, ambos nascidos (e só conhecidos) por lá: São Boaventura e São Gonçalo.

    ResponderExcluir
  8. Vai estudar geografia vai! Nem parece que trabalha numa empresa de comunicação! Hahhhaaaahhh

    ResponderExcluir
  9. Pelo menos em Niterói eu ando olhando apenas para frente... já no Rio... tenho que me cuidar de todos os lados... é ladrão aqui e acolá... isso sem contar os tiroteios frequentes na 'pacata' Glória, onde trabalho. Cada dia uma emoção nova! Obrigado Rio por tanta adrenalina!!! =D

    ResponderExcluir
  10. Se ficam com medo, por que, então, não trabalham em Niterói?... Ah, sim. Niterói não tem notícia. ehehee No mais, o Rio sofre daquilo que sofrem todas as 'grandes cidades'. (Cara, agora, sério... Não tem coisa melhor do que zoar gente de Niterói. Eles são muito pilhados).

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Diretamente da redação do ECH 07h: "Perseguição e tiroteio em Niterói
    Bandidos usam granadas para fugir da polícia."

    É, a vida anda bem agitada na 'cidade sorriso'...até nisso querem copiar a Cidade Maravilhosa...hauhauhauhauahuha

    ResponderExcluir
  13. História
    Ao sair do Rio utilizando a ponte você paga o ingresso para conhecer este circo de horrores chamado Niterói.

    Niterói era uma grande aldeia de bugres até o começo do século XX, quando um disco voador pousou no mirante da Boa Viagem e se tornou o ponto turístico do bairro. Através de escambo, o cacique da aldeia, chamado Arariboia, trocou com os ETs a alma de todos os moradores (índios) da cidade por uma máquina que os faria viajar para o futuro, chamada de Ponte Rio-Niterói.

    A possibilidade de conhecer a civilização transformou a vida dos nativos da cidade. Atravessando a Ponte, eles puderam conhecer a língua portuguesa em sua plenitude, e criaram um dialeto próprio, totalmente ininteligível para os não residentes em seu território (Ex.: "Vou na casa DE Fulano", ao invés de "Vou na casa DO Fulano ou "Vou lá EM César" em lugar de "Vou lá NO César). Filólogos teorizam que esta disparidade advém do fato de o idioma Tupi-Guarani não conter contração das preposições de e em com os artigos definidos. De suas constantes viagens ao futuro também trouxeram o hábito usar roupas e de fumar, mas também conseguiram desenvolver uma identidade própria.

    Durante o Governo de Leonel Brizola, foi instalada uma grande poça entre Niterói e o Rio de Janeiro, onde antes havia um lixão. Os cariocas chamaram a poça de Baía, enquanto os niteroienses a chamaram de Guanabara, que em tupi significa "A Grande Poça". Uniram-se os dois nomes, passando assim a poça a ser chamade de Baía de Guanabara. Tal obra foi feita em virtude das epidemias causadas ao povo carioca pelas doenças da população primitiva de Niterói, que eram levadas pelo vento até o Rio de Janeiro, causando grandes perdas aos nobres habitantes da cidade, sem anticorpos àquelas sinistras patologias, tais como, verminose, unha encravada, piolhos (principalmente piolhos), sarna, bernes etc.

    ResponderExcluir
  14. Hoje, Niterói está "integrada" ao Rio de Janeiro. Além da possibilidade de viajar no tempo pela Ponte Rio-Niterói, os silvícolas do bairro podem optar entre vários meios de transporte para visitar a civilização. Entre os mais populares estão o serviço de Barcas, que poupa os aldeões de ter que atravessar a Grande Poça nadando, correndo o risco de serem atacados por jacarés, e o serviço de Catapultas, que são grandes trebuchets instalados na praia de Icaraí, que arremessam os primitivos, digo, "niteroienses" para o outro lado da Baía. Tal serviço serviu de inspiração para criação da música "Iracema voou". Uma característica particularmente interessante sobre o papa-goiaba médio é que ele ODEIA que os cariocas falem a verdade que todo carioca sabe: que Niterói e São Gonçalo são a mesma coisa (afinal, passou da ponte, é Niterói). O perigo aumenta substancialmente se o carioca disser o que é ainda mais óbvio: Niterói é ainda menos que São Gonçalo, porque é caminho para São Gonçalo, Tribobó, Alcântara e toda a Região dos Lagos (e, se reparar, para a Região Nordeste. Logo, é caminho pra Paraíba). Já o alegre e receptivo povo de São Gonçalo se sente feliz em ser chamado niteroiense, ainda que isto signifique ser aparentado de um índio cuja estátua dá as costas para a própria cidade e ganhar o singelo apelido de papa-goiaba.

    ResponderExcluir